Open the door: Aline Malhado, a brasileira empreendedora dos idiomas.

Open the door: Aline Malhado, a brasileira empreendedora dos idiomas.

É com muita alegria que o especial «Ô de Casa» apresentará essa amiga da Casa do Brasil Valência, a catarinense Aline Malhado, apoiadora dos projetos desde o início das nossas atividades.

Como todos sabem, aqui trazemos as histórias de vida e de vinda à Espanha, apresentando nossa comunidade residente e inspirando a todos que gostariam de participar da associação cultural que neste ano, completa três anos de atividades em Valência.

A história de hoje, merece muitos stories em todas as redes sociais. Vamos contar como uma jovem estudante prosperou fazendo exatamente o que ela mais amava: transmitir conhecimento.

A florianopolitana Aline Malhado

A linda ilha de Florianópolis é a terra natal dessa orgulhosa barriga-verde, gentílico catarinennse que todos se honram. Nossos olhos exclamam a surpresa quando ela responde sua procedência, sabendo que nem sempre é comum conhecer brasileiros de Floripa.

Afinal, é conhecida como a ilha da magia, sendo poucos os que saem de lá, um paraíso natural, para viver em outro lugar, suponhamos.

Mas, o destino sempre escreve emotivas páginas nos livros desses brasileiros que deixaram tudo e hoje moram em Valência.

No caso da Aline, tudo começou com um encontro inesperado ao conhecimento e o saber. Sua mãe conheceu uma professora de inglês que era gaúcha e tinha ido viver na ilha.

Foi a partir desse encontro, que a vida da Aline começou a rumar em direção à travessia de fronteiras, começando pela que se derruba quando se aprende outra língua.

Apoiada pela família, Aline e seu irmão começaram a estudar inglês muito jovens com essa professora. E Aline, já não parou.

Cresceu com a educação Montessori, se formou em Ciências Sociais na UFSC – Universidade Federal de Santa Catarina e ao terminar seu curso, mais uma vez, seus pais apostavam pelo conhecimento: um intercâmbio era a próxima etapa na vida dela.

O norte da Inglaterra foi o destino da Aline. Vivendo em uma cidade que tinha pouquíssimos brasileiros, tinha apenas a companhia de uma amiga desde Floripa, mas ela se dedicou intensamente aos estudos.

Como experiência de vida, Aline afirma o quanto faz toda a diferença saber um idioma antes da empreitada de morar em um país. Seu conhecimento de inglês permitiu que ela avançasse ao nível mais avançado do intercâmbio, sendo um intercâmbio 100% satisfatório.

Pena que tinha data para acabar… E, como boa brasileira morando fora, seria estranho que ela não fosse à uma festa brasileira, não é mesmo?

Foi justo alguns dias antes de voltar, que um encontro especial aconteceu…

Nossa língua portuguesa…

O inglês da Aline estava mais afiado do que nunca, mas seu destino estava começando a ser escrito em português mesmo. Nesta festa, conheceu seu marido, Reinaldo, de Angola.

Justo na hora de voltar do intercâmbio?

Ah, não demorou muito para que se encontrassem em Floripa. No retorno ao Brasil, encontrou a primeira porta aberta para iniciar sua carreira: foi professora de inglês na mesma escola onde tinha estudado e tanto tinha apreciado.

Entre as idas e vindas visitando Floripa, eles tiveram a surpresa da chegada da primeira, dos três filhos do casal. Pronto! O Reinaldo foi morar todo feliz no Brasil e juntos, decidiram voltar novamente para a Europa, em busca de melhores oportunidades.

A Inglaterra foi descartada pelos dois. O clima não agradava essa nova família angobrasileira. Eles queriam calor. ¡Y viva España!

A primeira parada foi Albacete, cidade que Aline brinca que é um lugar no meio do nada. Mas era lá, onde eles encontrariam a prosperidade profissional.

Então, juntos decidiram empreender, abrindo uma escola de inglês, dando sequência à experiência dela na área da educação. Viveram o apogeu dos que chegaram na Espanha nos anos que antecederam a crise.

O conhecimento e dedicação resultou na London School.
Kiara: a única españolita da família

London School e La Españolita

Os anos passaram, e como a chegada de cada filho marcou uma etapa importante nesse processo de mudança, foi a caçula dos três, que daria o empurrão à Valência em busca de novos desafios.

London School também abriria suas portas na capital do Túria, consolidando a vivência dessa experiente família que chegou por primeira vez em 2001.

Atualmente, uma nova empreitada se iniciou com aulas de espanhol, sendo o curso La Españolita, em homenagem à caçula Kiara, que foi a única que nasceu aqui, já que no nascimento dos filhos Lívia e Lian, Aline fez questão de dar a luz no Brasil, junto à família.

Reinaldo, Kiara, Aline, Lívia e Lian – A família anglobrasileira em Valência.

Espanhol para brasileiros

A partir de agora, vocês poderão recomendar cursos de espanhol para os brasileiros recém chegados.

Afinal, a experiência educativa e o gostar do que faz, permitiu um formato de curso com professora nativa, para todos que querem dar um UP na vida, como ela que sempre valorizou o «aprender uma língua».

Se estava buscando um ótimo curso de espanhol, esta é sua oportunidade!

Ô de casa: vai entrando, Aline!

É emocionante escutá-la falar da importância do saber. Saber falar, saber se expressar e alcançar a prosperidade aqui na terra dos touros.

Com certeza, Aline Malhado marcará a vida de muita gente, proporcionando o conhecimento que ela dará continuidade no mais bonito ciclo da poderosa educação e do saber.

Trabalhar com a educação é uma semente, sempre a ser regada

Aline Malhado

A Casa do Brasil Valência apoia sua iniciativa, convidando também a conhecer seu trabalho neste espaço, dedicado a todos amigos da casa.

@Casadobrasivalencia

Vem com a gente, vai entrando no nosso Facebook e Instagram. Sempre caberá mais um por lá!

Passeio ciclístico do projeto Mininiños – Set/2016.

póscrito: ultimando detalhes da preparação desse post, Aline recebeu a notícia da despedida daquela professora gaúcha, do ínicio da sua caminhada e que marcou sua vida.

À ela, Marcia Machry, fica a homenagem dela, em agradecimento pelo conhecimento recebido.

Ô de Casa: Os meninões Léo Nascimento e Murilo Soares

Ô de Casa: Os meninões Léo Nascimento e Murilo Soares

Que essa casa é como coração de mãe, e sempre cabe mais um, alguém duvida?

O que nós não imaginávamos e nos enche de alegria, é imaginar que esse voluntariado cruzaria fronteiras. Deixa que a gente conta agora mesmo…

Desde Portugal, através de um contato por e-mail feito pelo Leonardo Nascimento, estudante de um mestrado em Estudos da Cultura, da Universidade Beira Interior de Covilhã, recebemos o privilégio e a oportunidade de contar com seu voluntariado.

O programa ERASMUS (European Region Action Scheme for the Mobility of University Students) é uma iniciativa pública que permite que os jovens de diferentes países se reúnam, convivam e trabalhem em projetos comuns durante curtos períodos.

Ficamos muito felizes pela oportunidade, porque era um sinal do alcance do nosso trabalho na Casa do Brasil.

Papéis para cima, papéis para baixo, alguns meses se passaram e desembarcavam em Valência não só o Léo, mas o Murilo também, que animado com a possibilidade de recebê-los, também «se sumó al barco» como se diz aqui nas terras hispânicas.

Murilo e Léo, estagiários do programa Erasmus+

O meninão Léo

O jovem e grande Léo de quase 1,99 de altura, desde o primeiro contato, nos cativou.

Simpático, educado, desenrolado. Se nota a base familiar, sempre tão importante, porque como todos sabemos e Saramago afirmava: «Filhos são para o mundo».

O Léo é carioca, morador do bairro Cosme Velho, um bairro que como ele mesmo diz, está aos pés do Cristo Redentor. Sua família é numerosa, sendo ele um dos quatro filhos da conhecida e estimada Socorro, idealizadora do espaço cultural Galpão Ladeira das Artes, um espaço charmoso, alternativo e que sempre faz valer a pena subir as ladeiras, como seu próprio lema confirma.

Esta experiência de viver imerso à arte, veio junto com ele, guardadinho em cada canto de sua mochila e sempre presente na manifestação das suas ideias na Casa do Brasil Valência.

Durante o período do seu estágio, de junho de 2018 até março de 2019, o Léo colaborou em todos os projetos, cuidou das nossas redes sociais e até da nossa meninada. 

Inspirados pela presença do Léo e do Murilo, nossos meninos Erasmus, resolvemos fazer nosso Festival Amarelo Mango, que vocês podem sentir a vibe aqui:

Sem dúvida, o Amarelo Mango foi a semente trazida pelo Léo e o Murilo, que nos inspiraram, nos apoiaram e fizeram que acreditássemos que era hora de algo maior do que estávamos acostumados a organizar.

E foi muito bonito!

festival amarelo mango equipe casa do brasilfestival amarelo mango equipe casa do brasil

 

Embora o Murilo não tivesse alcançado a data do evento, porque foi embora antes (seu estágio foi mais curto) nós também atribuimos a ele, a realização do mesmo.

Então, é hora de contar o que ele também aprontou por aqui em sua temporada em Valência…

O meninão e tio Murilo

O estiloso Murilo é um paranaense que tem a arte de muitas vertentes nas veias: educação, gastronomia, pedagogia, teatro.

Desde a sua chegada, focamos sua experiência pedagógica no projeto Mininiños, principalmente por sua experiência. Sua família administra um colégio particular, em Londrina.

O resultado foi um super encontro, o MIniniños Chef, onde a meninada aprendeu a fazer seu próprio sanduíche de forma saudável. Bombou!

Olha que arteiros somos…

Sanduíche saudável no Mininiños Chef
É para ver e para comer…
Brincar, criar e se alimentar saudável!

E tudo que é bom…

Sim, durou pouco, mas o suficiente para ganharmos novos amigos. Desejamos muito sucesso em tudo que realizarem e deixamos aqui a nossa gratidão, um pouco tardia, mas felizes por tudo que vivemos juntos!

Um enorme abraço de nós todos daqui, os Brasileiros de Valência. Voltem quando puderem e quiserem!

Muito obrigado por tudo, meninos!

Aquele conhecido e familiar abraço de todos que fazemos a Casa do Brasil Valência!

Quer saber mais sobre o estágio Erasmus+?

Se achou interessante e gostaria de saber mais sobre os estágios do Erasmus+, aguardem que vamos preparar um post onde eles possam contar sobre suas próprias experiências.

Aí Léo, aí Murilo, deixando lição de casa para vocês!

 

Ô de Casa…

Esse espaço é dedicado a todos que batem na porta da Casa do Brasil Valência. Quer contar sua história aqui? Escreva-nos!

info@casadobrasilvalencia.com

Esperamos vocês no Facebook e também Instagram