Mini Chef Niños

Mininiños volta com fome de festa, de reencontro e aquela alegria de poder aprontar novas coisinhas juntos. E se for, de comer, melhor! Vem aí o Mini Chef Niños!

No próximo 16 de setembro às 11h na nossa querida La Casa para Pasárselo Pipa, que sempre nos recebe com aquela pitada de doçura faz a gente se sentir em casa, e com aquela vontade de “Pasar pipa”!

Mini Chef Niños será uma oficina com duas horas de duração onde nossas crianças vão preparar um lanchinho saudável de forma divertida, falando em português e aprendendo sobre os alimentos.

A oficina será comandada pelo pedagogo e gastronomo Murilo Soares, que finalizará seu estágio conosco através do intercâmbio europeu Erasmus+, em parceria com a Universidade da Beira Interior, de Covilhã – Portugal, concluindo sua pós-graduação – mestrado em  Estudos da Cultura.

Legal né, meninada?

mininiños chef

Tem coisa melhor que fazer comidinha brincando?

Então, agora é só colocar na agenda e fazer sua reserva! Escreva para casadobrasilvalencia@gmail.com e fiquem atentos às informações no Facebook e Instagram.

O evento criado no Facebook você pode conferir clicando aqui!

Anúncios

As desafiadoras férias no Brasil

Quando cheguei para morar na Espanha, depois de casada, conheci uma colega de trabalho brasileira que sempre falava com muita naturalidade que não ia ao Brasil há mais de 3 anos. Aquilo me provocava uma mistura de sensações que ainda hoje posso dizer que fazia sentir-me mal, muito mal…

Como alguém pode passar tanto tempo sem ver a família e sem férias no Brasil?

Muito fácil, é o que constatei depois de quase 10 anos! Tem ano que é por motivo de trabalho, outro porque falta grana mesmo e em outras, a gente meio que começa a perder a noção do tempo.

Até que enfim, minha família e eu fomos no Natal de 2017

A primeira vez que cruzei o Atlântico com meu filho Raul, ele era a bagagem de mão (colo) mais importante que eu tinha levado de cá para lá. Estava com um aninho recém cumprido e era pura festa a nossa viagem ao Brasil para que todos o conhecessem. Meu marido tinha ficado trabalhando e chegaria depois de 15 dias!

Um bebê hispano brasileiro chegando! Não andava e nem falava… E por falar em falar, esse é o motivo mais importante deste post: contar a evolução do bilinguismo e nossa experiência com o projeto Mininiños, criado pelos próprios protagonistas desta história.

Parque da Mônica

Aline Navarro e o filho Raul em visita aos familiares no Brasil. Dezembro/2017

A primeira coisa que notei, foi a solidariedade do povo brasileiro ao ajudar com as malas e tudo que fosse relacionado ao “perrengue” de uma mãe louca viajando sozinha. Ô povo solidário, nós os brasileiros! Impressionante!

Depois foi a rápida mudança de comportamento do Raul, que sabia exatamente que estava fora do ninho dele. A língua era a principal inimiga naquele momento. Por mais que o português fosse a língua da mamãe, era tudo muito estranho que aquele montão de gente viesse apertar suas bochechas falando aquela língua.

Nunca gosto de desanimar nenhuma mãe brasileira que enfrenta esta batalha, mas sou humana e solidária o suficiente para admitir que não é fácil. A minha história ainda não terminou…

Estranheza total, até que sou salva pelo Rei…

O meu “mininiño” praticamente deixou de comer! Fiquei muito mal! Juntou a estranheza com a ausência do pai e aí… Socorro!

Eu notava que era a língua que o incomodava. Ele sempre foi um menino sociável, participativo, mas naquela situação faltava não só as palavras que ainda não controlava nem mesmo em espanhol; faltava a compreensão daquele mundo que ele tinha passado a viver da noite ao dia…

Até que na TV, no especial do Roberto Carlos, surge uma interpretação de canção em castelhano. O Raul incrívelmente olhou para a televisão, olhou para mim e parece que até que enfim se sentiu “em casa”. Acreditam?

Da primeira viagem sem andar nem falar, à segunda onde o português desabrochou…

Depois daquela e outras experiências, eu me empenhei em formar um grupo de encontro onde as crianças falem e brinquem em português. Sem estranhezas! Surgiu o projeto Mininiños e todos os meses nos reunimos para alguma atividade: cineminha, rolê de bike, festas, oficinas… Hoje viramos um grupinho inseparável, um little Brasil!

Foi a melhor coisa que eu poderia ter feito pelo meu filho e por toda a minha família, porque apenas uma tia fala espanhol lá no Brasil! Privar nossos filhos de receberem essa herança é algo que independente da situação ou dificuldade que tenhamos, não devemos desistir jamais!

Nesta ida ao Brasil o Raul soltou o verbo! Deixou de ser o falante passivo, que mamãe fala em português e ele responde em espanhol, para falar e tentar falar tudo para poder comunicar-se e brincar!

Antes da nossa ida, já estava amarradão na Turma da Mônica e fomos visitar o parque! Ele pirou! E a gente também, claro!

Trasmitir o significado dos personagens e suas histórias é algo tão nosso, tão brasileiro, que somente dando a oportunidade de dividir isso com nossos filhos nos fará sentir completas.

Ver os priminhos fazendo mímica para comunicar-se e no final, uma ou outra palavra de castelhano sendo aprendida pelos demais, é demais!

Férias no Brasil

Primos da família Navarro comunicando-se em português e espanhol.

Férias no Brasil

Vale mímica e fazer sons para ser entendido. O que não vale é não falar!

E para finalizar esse post, com o motivo mais importante: que os avós possam se comunicar! Possa pedir  “a bença, vô” e que os avós respondam: Deus te abençoe, meu filho!

Isso, somente uma viagem ao Brasil, pelo menos uma vez ao ano  é capaz de fazer por nós: matar a saudade da terra da gente e ajudar nossos filhos a terem contato com nossa cultura estando na Espanha ou no Brasil. Sabemos que é difícil, mas devemos priorizar!

Como experiência própria, sei que todas as atividades e amizades que criamos em Valência têm contribuído muito para a formação do Raul.

Eu quero que ele sempre diga que ele é espanhol e brasileiro. Não quero que meu filho seja o gringo da turma!

E você? O que tem feito pelo desenvolvimento do bilinguismo na sua família?

Nunca é tarde para começar, nunca é tempo demais para voltar!

Até a próxima, gigante pela própria natureza! Prometo que não vou demorar mais 3 anos!

Mininiños: Doce novembro com a visita de Felicia Jennings-Winterle

O projeto Mininiños de Valência recebeu a visita especial da educadora Felicia Jennings-Winterle, depois de um mês de ansiosa e feliz espera.

Incrível como nós que estamos fora do Brasil já não vemos as fronteiras como algo que possa impedir que maravilhosos encontros aconteçam. Continentes distantes acabam unidos em forma de abraço quando o propósito de fazer o BEM acontece.

Oficina Felicia Jennings-Winterle

Felícia Jennings-Winterle é a fundadora e Diretora Educacional da BEM- Brasil em Mente de Nova Iorque. Foto: Gilca Flores.

O primeiro contato da educadora com a organização do Mininiños foi uma surpresa com notícia boa. Para quem não sabe, o projeto nasceu inspirado na longa trajetória da Felícia. Inclusive, a data de início do projeto foi pensada justamente para coincidir com o Dia Internacional do Português como Língua de Herança, dia 16 de maio (saiba mais aqui).

Felicia mora nos Estados Unidos, mas durante uma temporada está viajando e realizando cursos pela Europa. Desta maneira, tivemos a sorte de receber sua visita. Seu primeiro contato foi através de uma mensagem muito simpática e direta, que dizia:

Como está a iniciativa Mininiños? Posso visitá-los?

Macaco, quer banana?

Claro que a notícia nos encheu de alegria!

Os preparativos da visita tão especial foram com tanta empolgação de ambas partes, que até nos confundimos com a data. Felicia, acostumada com a escrita inglesa onde as datas são no formato de primeiro o mês e depois o dia, era esperada no dia 11/10 quando na verdade chegaria no dia 10/11.

Por este motivo, a doce espera e cancelamento da sua participação no evento do Dia das Crianças no mês de outubro.

Contaremos um pouco do muito que significou essa vinda, onde além de visitar o projeto de PLH, a educadora conheceu também muitos participantes do projeto e da nossa comunidade brasileira, devido às atividades da Associação Casa do Brasil Valência.

Oficina Felicia Jennings-Winterle

Quais são nossas estratégias para manter o português vivo dentro de casa? Foto: Gilca Flores

Participar de uma oficina com alguém que é uma das pioneiras da difusão e divulgação do português como língua de herança, criadora de um método de alfabetização para brasileirinhos e idealizadora da primeira escola para crianças brasileiras no estado de Nova Iorque; é algo muito emocionamente para nós, que estamos “engatinhando” ainda.

Felícia é o papa do PLH. Ela riu ao escutar, mas sua trajetória profissional inspirou não não só o grupo de Valência, mas praticamente todas as iniciativas espalhadas pelo mundo. Todas elas tiveram seu apoio, ou a inspiração e direcionamento para que trilhassem seu caminho.

Sua organização cultural, Brasil em Mente (BEM) promove o ensino e a manutenção do português como língua de herança. Está focada especialmente em formar e capacitar educadores, pais e professores incentivando o bilinguismo.

“Mulheres comprometidas com a educação e que querem, por meio dela, fazer do mundo um lugar de diversidade e globalização” Felicia Jennings-Winterle

Oficina Felicia Jennings-Winterle

A constância, o repertório e a qualidade ao ensinar a língua derrubará mitos do tipo: esquecer o português. Foto:Gilca Flores.

Na oficina, troca de ideias e dicas de como melhorar a transmissão da rica herança cultural brasileira. Cada uma de nós sempre teremos uma estratégia para que o português esteja vivo todos os dias dentro da casa da gente.

Mais do que nos orientar, também escutar. Saber como cada uma de nós faz para ensinar às crianças não só a língua, mas nossa brasilidade. E daí incrementar suas pesquisas.

 

Oficina Felicia Jennings-Winterle

O bem-vindo de “La Casa para pasárselo pipa”, o espaço sociocultural onde realizamos nossos encontros. Foto: Aline Navarro.

Como diz o provérbio africano: “É preciso uma aldeia inteira para educar uma criança”.

Nós nos sentimos imensamente privilegiadas pela Felicia fazer parte da nossa!

O nosso muito obrigada pela visita! Temos certeza que sua semente foi lançada em terra fértil, onde o BEM mora e os laços de amor e carinho prevalecem.

Gratidão de todos que fazemos o projeto Mininiños de Valência. Volte sempre!

Era uma vez… Mininiños 🇧🇷

  • Se você tem saudades do 🇧🇷 e valoriza o bilinguismo e a cultura brasileira, te esperamos aqui!

Mininiños – Matinê do Dia das Crianças lotou a casa e emocionou a todos

O evento do mês de outubro da criançada brasileira contou com a empolgação dos adultos também.

O Dia das crianças foi comemorado em ritmo de flashback e enquanto eles brincavam, nós, as crianças e adolescentes daquela época, dançamos.

Nosso querido cantinho de encontro “La Casa para pasárselo Pipa” surpreendeu a todos que chegavam por lá pela primeira vez.

Brinquedos de todos os tipos espalhados e acessíveis em todos os ambientes.

Eles fizeram o que mais gostam: brincaram!

Contando com a presença de aproximadamente 70 pessoas, entre brasileiros, espanhóis e amigos latinos, todos que foram tinham vontade de se enturmar, conhecer mais nossa comunidade residente e claro, nossa Associação Casa do Brasil.

Matinê Casa do Brasil Valencia

Balão Mágico, Xuxa, Blitz… matinê flashback total

A mulherada estava mesmo com vontade de dançar!

Embora um pouco tímidas no começo e com vontade de conversar, conversar e “tricotar”, muitas não resistiram ao som daquelas canções que nos transportavam ao passado e às lembranças do nosso Brasil.

Momentos de muita emoção com Balão Mágico e Djavan, momento de gargalhadas com Beto Barbosa ou Inimigos do Rei, Polegar, Menudo, Claudinho e Bochecha (oi? nem lembrava!) e outras.

E no meio de carrinhos, de bonecas e da criançada presente de 0 a 15 anos fizemos desse dia um momento que com certeza ficará na memória como mais um encontro delicioso onde só podemos colher coisas boas…

Novas amizades, contatos, lembranças e claro: a delícia que é falar a língua da gente. Em todos os sentidos!

Todas as fotos podem ser vistas aqui,  no álbum do Facebook- @mininiños.

Agradecemos a todos os que estiveram presentes! Sentimos muito pelos que não puderam estar e animamos a todos a participarem não só das nossas festas, mas também das nossas oficinas e encontros de PLH – Português como Língua de Herança.

Fazer da nossa amada Valência um pequeno território sentimental brasileiro, mesmo que seja em algumas ocasiões e dias de encontros…

Esse é o nosso objetivo para unir a comunidade brasileira!

O projeto Mininiños nasceu no dia 16 de maio de 2016 e desde então, contatou e conheceu mais de 40 famílias de brasileiros residentes em Valência.

Quando vamos conhecer a sua?

Aquele abraço

Que gostoso brincar falando em português!

IMG-20171012-WA0056

O verbo preferido é brincar!

Mininiños receberá a visita da educadora e pesquisadora Felícia Jennings-Winterle

O projeto Mininiños receberá uma visita especial: a educadora e pesquisadora Felicia Jennings-Winterle, da BEM “Brasil em Mente”, uma organização cultural localizada no estado de Nova Iorque, Estados Unidos, que promove a língua e cultura do Brasil entre as famílias multiculturais que vivem no exterior.

Felícia Jennings-Winterle e o Português como língua de herança

A educadora iniciou sua trajetória em 2009 com a escola Ciranda Cirandinhas, realizando programas educacionais e culturais pioneiros para a comunidade brasileira na região metropolitana de Nova Iorque. Era apenas a semente de um maravilhoso trabalho que hoje é responsável pela formação de pais, educadores e professores, unidos pela paixão à nossa língua portuguesa e cultura brasileira.

Uma semente que se espalha, germina e cresce ramificando-se e garantindo a colheita de bons frutos.

O grupo de crianças hispano- brasileiro Mininiños de Valência nasceu há um ano, no dia 16 de maio, o Dia Internacional do Português como língua de herança, idealizado por Felicia Jennings-Winterle e celebrado em vários continentes.

WhatsApp Image 2017-10-17 at 00.01.27

Português: herança ou investimento

Através de uma visita da Felicia aos nossos Mininiños de Valência, a educadora nos convida a um bate papo delicioso, onde todos teremos muitas experiências para compartilhar.

Todos temos uma sabedoria mútua que carregamos onde quer que estejamos: a nossa língua e cultura! Sobre ela falaremos e aprenderemos juntos sobre como enriquecer cada vez mais com essa herança, valorizando o bilinguismo.

No período da visita, ela ministrará também uma oficina para pais, educadores, pesquisadores e agentes comunitários.

Estratégias, ideias e repertório: os pilares para o português continuar vivo em casa, no exterior

Quando? Dia 10 de novembro

Hora: 17h30 às 20h30

Onde? No espaço socio-cultural  Casa para pasárselo pipa

Endereço: Carrer del Convent de Jesús, 11 Patraix – Valencia

Investimento: 20€

Reservas informando o nome e telefone de contato através do casadobrasilvalencia@gmail.com

Para atiçar a todos, deixamos o documentário BraZil com S – A Língua Portuguesa no Exterior, produzido pela Felicia Jennings-Winterle realizado pela Brasil em Mente, com apoio do consulado geral do Brasil em Nova Iorque.

Nele, a participação e experiências de Bela Gil, Carlos Saldanha, Lucas Mendes, Luiz Ribeiro, Ambassador Luis Felipe de Seixas Corrêa, Vinicius Dônola, Roberta Salomone, Edison De Michelli, Maria Olinda De Michelli, Francesca Damato, Ana Maria Machado, Sandra Peres e Paulo Tatit, do grupo musical Palavra Cantada e Patricia Almeida.

Todos são brasileiros residentes nos Estados Unidos e contam de uma maneira muito sentimental e emotiva suas experiências com o manter e valorizar nossas raízes, língua e cultura brasileira estando no exterior.

 

Uma alegria enorme por recebê-la!

E você? Vai perder essa oportunidade de estar com uma pesquisadora que é referência mundial do PLH- Português como Língua de Herança?

Nos vemos lá!

brasil em mente

Mininiños: O último “Tchibum” -Encontro de setembro/17

Quando dissemos que seria o último tchibum nem estávamos falando de verdade. Era brincadeirinha…Afinal, a estação mais ensolarada e quente do ano faz com que queiramos aproveitar até a última gota.

Marcamos nosso encontro do mês de setembro na piscina municipal de Benicalap e durante toda a semana: ventos, chuvas e as temperaturas deram um “tchibum” mesmo.

Mas, como somos brasileiros e não desistimos nunca, não cancelamos o evento. Mensagens e ligações perguntando…

 E aí, vai ter encontro, gente?

Vai! E teve!

Tchibum mininiños

Olha quem apareceu além do sol!

E não é que o sol saiu? Nem foi preciso colocar um ovo para Santa Clara (conhecem essa simpatia?). Chegamos reservando nossa mesa, marcando nosso território com nossa toalha-bandeira brasileira e pouco a pouco a galera foi chegando.

Um encontro onde a criançada se esbaldou de dar tchibum nas variadas piscinas com suas tirolesas e tobogãs.

A molecada marcou presença no Tchibum, mesmo!

Só tinha meninos! As brincadeiras com aquela mistureba de idiomas. Por mais que impomos nossa lei de “só em português, gente”, mas “no pasa nada”. O importante é criar essa atmosfera onde ambos idiomas são escutados e praticados sem estranhezas e pressões.

Destacamos a presença de novas famílias e casais que vieram pela primeira vez, como é muito comum acontecer desde o início do projeto Mininiños. A gente adora ver os que vieram há um ano atrás dando dicas para aqueles que agora estão recém chegados.

Nessa hora, é quanto notamos que nosso objetivo foi e será cada vez mais cumprido: aproximar, unir, ajudar a comunidade brasileira residente em Valência.

A gente gosta de se misturar. E vocês? Quando nos conheceremos?

O evento foi realizado no dia 2 de setembro na cidade de Valência.

Quer saber mais sobre os encontros do Mininiños? Curtam a nossa fanpage e saiba quando será o próximo❗❗❗

Se você sente saudades do Brasil…

Era uma vez uma saudade… Esse substantivo feminino e sentimento de descrição típica do idioma português que não se traduz. É vivido, sentido e explicado.
Para os que estamos longe, acaba sendo um típico sentimento brasileiro: Colorido, carinhoso e caloroso.
Já dizia um anônimo: “Saudade mais que ausência é a vontade da presença”
Se você sente saudades do Brasil, esse projeto é para você, porque está baseado nessa mútua saudade. É uma iniciativa para unir aqui em Valência àqueles que valorizam e reconhecem o valor da nossa cultura. Seja ela manifestada através da literatura, música, arte, etc.
É um projeto que através de encontros entre pais, crianças, colaboradores e voluntários brasileiros, se realizarão atividades lúdicas destinadas à prática e conservação da língua portuguesa e cultura brasileira, incentivando a conservação da nossa cultura com total apoio às crianças bilíngües que muitas vezes não possuem outro ambiente favorecedor da prática do idioma português, além do próprio lar e ambiente familiar.

se voce sente saudades do brasil.jpg
Falar com os familiares, surpreendendo e alegrando os avós ou escutar seu filho cantando um clássico da Música Popular Brasileira, é um dos exemplos que com certeza se resume em desejo presente e futuro com nossos filhos bilíngües.
Convidamos a todos brasileiros residentes em Valência para esse complexo e desafiante desafio de criar, cultivar e, sobretudo, manter sempre atualizada no ambiente familiar uma vivência bilíngüe e multicultural.
A semente foi lançada! Que venham os frutos!
Sejam Bem-vindos!

A Coordenação Mininiños Valência.