A alma e o coração da Casa do Brasil! Aline Navarro, a nossa Presidenta!

Aline Rabelo Navarro, paulista do ABC, traz consigo um pouco de Bauru também, onde cresceu e onde vive a família até hoje.

Brasileira como é, pôs um pé aqui outro acolá e o coração ficou dividido entre o sudeste e o nordeste brasileiro.

Sua mãe é cearense e ela foi parar em Natal, onde trabalhou durante dez anos como guia de turismo nacional e regional bilíngüe (português e espanhol) do estado do Rio Grande do Norte, sendo credenciada pelo Ministério de Turismo.

Sendo assim, costuma dizer que é “paulista de coração potiguar”. Morre de saudades da terra onde deixou grandes amigos da vida!

Ali, no calor nordestino de Natal também é início dessa linda história de amor de Aline e Angel! E como uma renda de bilro, a vida foi bordando outras histórias de amor: Aline e Espanha, Aline e Raúl!

Aline Rabelo Navarro

Aline Navarro: atual presidente da Casa do Brasil Valência

Falando português pelos cotovelos, sempre!

Em 2008 chega a seu primeiro destino espanhol, Murcia, comunidade autônoma do seu marido Angel e, quem diria, dos seus bisavós paternos.

Ao princípio sua adaptação ao novo país foi muito difícil, principalmente pela parte profissional. Devido à crise que assombrava a Espanha, o que encontrou foram oportunidades onde a língua portuguesa era o diferencial.

Foi  professora de português nos cursos preparatórios da Universidad de Mayores e também de empresários com destino ao Brasil e alunos com bolsas de estudos, tipo: Erasmus, Santander Ila e Leonardo da Vinci, de Portugal.

aline rabelo navarro

Aulas de português em Murcia. Foto: arquivo pessoal.

Além de dar aulas, começou a fazer um curso de Comércio Internacional, visando aqueles tempos áureos da econômia brasileira. Logo depois, trabalhou como administrativa comercial em empresas do segmento de T.I (Tecnologias da Informação) e assessoria de recuperação de impostos da União Européia.

Em 2015, por motivos de trabalho, a família se muda a Valencia.

Aqui, vendo seu filho Raúl imerso na cultura espanhola, sua paixão pelo Brasil fez com que Aline identificasse a necessidade de impulsionar o idioma materno, a ponte para o diálogo de seu filho com a família e a cultura brasileira. Foi essa angústia de mãe que a instigou a buscar caminhos e encontrar a proposta do Português como Língua de Herança.

Um intervalo entre a saída de um emprego e contratação do seguinte (agora trabalha como  social media marketing) foi o tempo que necessitava para colocar em prática o projeto que idealizava.

E nasce a Casa do Brasil Valencia

A partir do contato com projetos exitosos, foram necessários só alguns cafezinhos, riscos e rabiscos de textos, para nascer o primeiro projeto concreto da futura Casa do Brasil Valencia, o projeto Mininiños.

O movimento gerado pelo Mininiños logo impulsionou outro projeto, que é a cara dessa mulher dinâmica, alegre e conversadeira. Bora encontrar mulherada? Pronto, o Café com Mulheres chegou.

Desses lindos projetos surgem novas ideias e necessidades da comunidade brasileira residente e mais uma vez, ela abraça a ideia e funda a Associação Cultural Casa do Brasil.

aline navarro casa do brasil valencia

Aline e seu filho Raúl em mural urbano em homenagem à comunidade brasileira.

A Casa do Brasil proporcionou um convívio intenso e prazeroso com a comunidade brasileira, entusiasmando a candidatar-se como voluntária do Conselho de Cidadania do Consulado de Barcelona, do qual foi eleita e atua como vocal na Mesa de Associativismo.

Aline, sempre pensando em novas atividades, novos eventos, novos serviços pra comunidade, não para. Uma fonte inesgotável de amor e dedicação a cultura do nosso país.

E com essa característica tão marcante é impossível prever o que ainda vem por ai! Com certeza surgirão novos projetos, atividades, encontros, eventos, etc, etc…. Uma eterna caixinha de surpresas… e das boas!!!

Quer contar com ela?

Aline está disponível para projetos de marketing e redação, bem como interessada em oferecer oportunidade aos projetos culturais que queiram contar com o apoio e articulação da Casa do Brasil que preside.

Ô de Casa! Vai entrando…

Neste espaço apresentamos os membros, voluntários e todos que somam como Amigos da Casa, sendo também empreendedores e artistas brasileiros residentes em Valência.

Participe!

Basta escrever para casadobrasilvalencia@gmail.com ou através do Facebook e Instagram

A Casa do Brasil Valencia orgulhosamente apresenta sua comunidade brasileira!

*Por Gilca Flores e Paula Carneiro (edição final e dedinhos intrometidos da Aline, claro).

Anúncios

Ednaldo Santos: o multifacetado músico e sua arte para melhorar a qualidade de vida

Ednaldo Santos é mais uma joia musical que temos em Valência. Constatamos, embora tenha demorado, quando finalmente tomamos aquele prometido café juntos, desde sua chegada em outubro de 2017.

Através de um contato feito com a Casa do Brasil Valência, ele se interessou pelo nosso projeto de PLH- Português como Língua de Herança, o Mininiños, embrião do nosso centro de referência de cultura brasileira.

Paulistano, músico formado pela UniSantanna, Ednaldo Santos tem longa experiência com a educação musical. Atuou em diversos projetos sociais e também foi professor de escolas municipais e conservatórios.

ednaldo santos saxofone

Foto: Arquivo pessoal

Ednaldo Santos: a paixão como profissão

Seus olhos brilham ao falar da sua trajetória, mesmo sendo tão jovem, ele acumula experiência tocando violão, saxofone, e percussão clássica e popular.

Sua vinda foi devido ao mestrado em musicoterapia na Universidad Católica de Valencia “San Vicente Mártir”  finalizado em agosto de 2018. Sem bolsa de estudos, com recursos próprios, ele vendeu 90% dos seus instrumentos, livros e móveis da casa para poder estudar. Pense num guerreiro!

Deixou também seu emprego público, como professor do Estado de São Paulo e seu próprio espaço clínico de atendimento.

Sua dedicação e entrega aos estudos foi tão intensa, que confessou que esteve praticamente isolado da comunidade brasileira, porque tinha que aperfeiçoar o idioma espanhol e que, infelizmente, tinha perdido uma oportunidade profissional devido ao sotaque, contou-nos.

Porém, como tudo na vida são etapas, seu esforço foi recompensado. Agora começa a trabalhar ativamente! É professor de música em escolas locais e também dá aulas particulares nas residências. Olha que oportunidade maravilhosa aos que têm filhos!

Conosco, já temos oficina de Conhecimento do Folclore através da música programada para janeiro de 2019. A mesma pode ser levada às escolas e outras iniciativas pela Espanha.

Ednaldo Santos musico musicoterapeuta

Ednaldo Santos atua em orquestras na cidade. Foto: arquivo pessoal.

Arte levada ao encontro da qualidade de vida

Agora, nesta nova etapa, começarão suas aulas particulares e oficinas de música e também  sua dedicação profissional à musicoterapia, mais uma das suas facetas. Então, podemos saber mais no próprio canal dele, o Mudora Musicoterapia no Youtube.

 

Quer vê-lo tocando?

Ednaldo Santos solicitou a licença no Ayuntamiento de Valencia e teremos a oportunidade de apreciar seu trabalho também nas ruas de Valência. Claro que a Casa do Brasil Valencia divulgará quando e onde!

No seu repertório, não faltarão os clássicos da Música Popular Brasileira, com bastante influência nordestina, devido aos pais pernambucanos, da capital multicultural, Recife.

Também pode contratá-lo para eventos onde poderá fusionar diferentes estilos musicais, adaptando-se à proposta solicitada.

ednaldo santos musico

O multi- instrumentista atua também em obras teatrais. Foto: Arquivo pessoal.

Siga a arte dele!

No Instagram você pode acompanhar essa linda trajetória dele!

Acredito que a música pode contribuir de forma significativa na transformação física, emocional e social do indivíduo

Ednaldo Santos, a Casa do Brasil Valencia agradece seu contato inicial, confirmando nossa proposta de ser um centro de referência da cultura. Agora, orgulhosamente te apresenta!

Ô de Casa! Vai entrando…

Neste espaço apresentamos os membros, voluntários e todos que somam como Amigos da Casa, sendo também empreendedores e artistas brasileiros residentes em Valência.

Quer participar do Ô de Casa?

Basta escrever para casadobrasilvalencia@gmail.com ou através do Facebook e Instagram

Ana Sueli Sousa: a versátil artista e arteira

Ana Sueli Sousa ou simplesmente, Su. Assim é como chamamos ela, que tem suas mãos sempre “metidas na massa” da Casa do Brasil Valência.

A orgulhosa nordestina, cearense de Fortaleza, chegou em Valência por motivos do coração. As famosas dunas e praias maravilhosas foram cenário de uma linda história de amor que começou pela internet.

O amor fez com que ela deixasse tudo: a família, o trabalho no setor financeiro da Secretaria de Saúde de Fortaleza, atravessando o Oceano Atlântico em 2008.

Chegou, casou e em pouco tempo, era mãe do menino Rafinha. Também realizou seu sonho de estudar desenho gráfico de 2009 até 2012, formando-se no Centro de Estudios Superiores Barreira, como desenhadora gráfica.

Entendeu o arteira?

Time-Equipe (11)

Ana Sueli Sousa é coordenadora da comissão de eventos da Casa do Brasil Valencia.

Ana Sueli Sousa e sua história de vinda e… volta!

A história da Su tem uma observação especial. Ela é das poucas pessoas da nossa comunidade que teve a oportunidade de fazer o caminho de volta. Oi?

Pois, é! No ano de 2014, seu marido, o Rafão, foi transferido para uma delegação de sua empresa, em São Paulo. A família encarou a mudança numa boa e viveram 3 anos muito felizes, até que, em 2017, como era do conhecimento deles, teriam que voltar.

E, o especial que destacamos na sua história, é que ela estava super adaptada e feliz em Sampa. Foi um processo muito dolorido voltar à Valência.

Mesmo sabendo como era a vida e tendo amigos queridos que tinham ficado, ela sofreu.

Mas, como todos que passam por esse processo de mudança sabem, sempre vem o lado bom também. O tempo sempre acaba sendo o responsável disso. Neste caso, nos anos que ela esteve morando lá, a Casa do Brasil Valencia estava nascendo.

E para selar essa aproximação,  foi ela quem assumiu o lugar de uma dos membros, Luciana Monte (a gente vai falar dela em outro post, claro) que deixou a todos chorando, indo morar na Holanda.

Logo, para Ana Sueli, ter uma associação cultural brasileira na cidade deu ânimo para rapidinho somar suas forças em todos os sentidos: participando das atividades e trabalhando voluntariamente. E como trabalha! Ô bicha pé de boi!

Atualmente, coordena o evento Café com Mulheres, sendo também a responsável por todo o conteúdo de imagens e artes da associação, além de organizar festas repletas de alegria e bom gosto.

Para o conhecimento de todos, ela é uma experiente decoradora de eventos em geral. Inclusive também faz bolos, doces e um feijão para os amigos daqueles de lamber os beiços!

Conheça mais do trabalho dela aqui! 

No Instagram  também poderá seguir a arte da arteira Su!

 ana sousa creative

Ô de Casa! Vai entrando…

Neste espaço apresentamos os membros e todos que somam como Amigos da Casa, sendo também empreendedores e artistas brasileiros residentes em Valência.

Quer participar?

Fale com a gente através do casadobrasilvalencia@gmail.com e acompanhe  @casadobrasilvalencia no Facebook e Instagram

Su, a Casa do Brasil Valência orgulhosamente te apresenta!

Ô de casa! Bem-vindos, Amigos da Casa!

Ô de casa! Ei, vocês, brasileiros em Valência!

Agora vai chegando a hora de juntar forças e somar, que é o mais importante nesta relação entre residentes. Fortalecer laços, apoiar-nos e fazer desta casa, a casa de todos!

Contamos o que estamos aprontando?

Quem são os Amigos da Casa e Ô de Casa?

Sabia que de acordo com dados de 2017 do INE ( Instituto Nacional de Estatísticas) somos aproximadamente 9.936 brasileiros residentes na Comunidad Valenciana?

Sem dúvidas, uma Casa do Brasil deve ser estabelecida definitivamente, concordam?

Para isso, nosso projeto atualmente já realiza dois eventos mensais. São eles: os encontros do Mininiños e o Café com Mulheres Também apoia a todos os eventos e manifestações artísticas da cultura brasileira que são realizados em Valência. Já participou?

Se ainda não, fica aqui nosso convite!

E aos que participam e valorizam nossa cultura, vai chegando a hora de juntar forças nesta missão tão bonita e enaltecedora. Como? Participando!

Amigos da Casa

Tem gente que não perde um só evento que a Casa do Brasil Valência organiza, ou simplesmente, divulga.

Isso nos orgulhece e proporciona um montão de novos integrantes nesta comunidade afetuosa que vai crescendo sem parar.

Somos mais de 120 famílias contatadas e conectadas! Gente que adora o nosso Brasil, nossa cultura e nossa gente!

A Casa do Brasil Valência elaborou uma maneira desses Amigos da Casa “mostrarem sua cara” e se beneficiarem mais ainda das vantagens desta aproximação e claro, participação.

Nossos eventos que contam com contribuições simbólicas (não temos fins lucrativos), agora receberá o apoio da comunidade residente para executar mais e mais projetos. Como?

Escolha entre:

– Amigo da Casa (individual)

Contribuição de 15€ com validade de um ano.

-Família Amiga da Casa (inclui família numerosa e o papagaio)

Contribuição de 25€ com validade de um ano.

Os benefícios desta contribuição será revertida em novas atividades destinadas à comunidade, tais como: aulas de espanhol para recém chegados, aulas de português e cultura brasileira aos simpatizantes da nossa cultura; oficinas de música e dança; projetos socioculturais, como o Encontro Raízes (terapia de grupo focando a imigração) e outros apresentados por voluntários.

Contamos com seu grãozinho?

o de casa associacao brasil valencia

Somamos?

Ô de Casa!

Somos muitos os artistas, empresários, profissionais liberais, autônomos e outros que compõem a populosa comunidade brasileira em Valência. A cada dia, nos conhecemos e nos recomendamos, em um processo natural de boca a boca, que sabemos que é o mais importante para a reputação de todos os trabalhos.

o de casa brasil valencia

Ô de Casa: divulgando e aproximando profissionais da comunidade brasileira.

O Ô de Casa é o espaço onde a Casa do Brasil Valência vai dedicar não só para a divulgação profissional, mas também contará a história do brasileiro que chegou na Espanha. Afinal, todos temos uma história bonita e digna de ser contada. Queremos saber a sua!

Para mais informações, escreva para casadobrasilvalencia@gmail.com  e siga-nos no Instagram e no Facebook.

Aquele abraço!

Experiências vividas, experiências compartilhadas no blog. Conheçam a pedagoga Ana Flávia Gardim

Entre as amizades já estabelecidas e os novos contatos que a Casa tem feito, hoje apresentamos a Flávia Gardim, que mora em Valência com sua família e conta suas experiências no blog “Mudar é preciso”.

Ana Flavia Mudar e preciso

Ana Flávia Gardim – Foto arquivo pessoal.

Com a cidadania italiana, Flávia e família resolveram mudar para a Espanha, escolhendo Valência.

Todo o processo da mudança, papelada, sentimentos e desafios são contados no blog.

Sua família é o perfil mais comum que chega à Valência nos últimos anos: cidadania européia com empresa ativa no Brasil. Qual o motivo que os atraiu? A qualidade de vida foi o fator decisivo de mudar à Espanha.

Adaptação, dicas e conselhos da Flávia: mulher, mãe, esposa, pedagoga, fotógrafa e artesã

Quando comentei-lhe da nossa ideia de divulgar todas as atividades artísticas dos brasileiros residentes em Valência, a Flávia topou no mesmo momento. Nos enviou todas as informações através do e-mail e reproduzimos tal qual agora:

Me chamo Ana Flávia, sou brasileira, casada e tenho dois filhos. Adoro escrever e também me encantam os trabalhos manuais, a arte e estar entre a natureza. Tem uma coisa que amo: mudar! É uma coisa inexplicável que levo comigo 🙂

Dentro do Brasil eu mudei várias vezes. Atualmente, moro em Valência, uma cidade linda que encanta a todos. Podemos sair à noite, meu filho maior vai sozinho para o colégio, a segurança aqui é fantástica. Sem falar das opções culturais, parques, museus…Adoro!

As pessoas que olham de fora acham que mudar é muito fácil, somente fazer as malas e “voilà”, cair no mundo!! Mas… não é bem assim. Existe a parte burocrática e você tem que ter documentação e estar sempre legalizado no país que vive. É muito importante porque ser estrangeiro não é fácil. Agora pense um estrangeiro ilegal?

Como morei com meus avós que são italianos, para mim foi bem mais fácil, porque consegui minha cidadania através deles.

Tenho um blog que surgiu depois de tantas perguntas que eu recebia por e-mail e por Messenger. Então resolvi criá-lo, assim respondo às perguntas e ajudo muitas pessoas com informações.

Ana Flavia blog mudar e preciso

A chegada com excesso de alegria na Espanha – foto reproduzida do blog.

Para orientar as mães recém chegadas em Valência, deixamos o acesso direto onde ela comenta sobre Colégios na Espanha parte 1 e Colégios na Espanha parte 2. Uma ótima oportunidade para tirar as dúvidas e chegar no portão da escola com menos dúvidas na volta às aulas.

Como ela mesma disse, adora a arte. Em suas mãos verdadeiras obras de arte e ternura são criadas. Flávia também é artesã, confecciona bonecas de pano cheias de encanto.

Ana Flavia Gardim bonecas

A arteira Flávia e suas lindas bonecas

Vocês também podem acompanhar o “Mudar é preciso”  através do Facebook e participar dos nossos encontros onde famílias como a dela participam e nos conhecemos em solos valencianos.

Quer comentar sobre o seu trabalho ou atividade artística em Valência? Escreva para casadobrasilvalencia@gmail.com e acompanhe tudo através do facebook  @casadobrasilvalencia

Aquele abraço!🇧🇷

A bossa traz as novas do carioca Sergio Pereira à Valência.

A primeira vez que conhecemos o Sergio Pereira foi através do contato que ele fez através do blog Casa do Brasil Valencia. Uma alegria imensa invadiu-me com aquela mensagem.
Primeiro, porque essa é a nossa intenção: ser a primeira referência cultural que alguém tenha ao desembarcar em Valência. Segundo, porque é o estilo de música que valorizamos unanimamente entre todxs que fazemos acontecer a Associação. Como diz uma querida amiga mexicana: “Gente del mismo código postal”, digamos.

O carioca do pé, violão e coração brasileiro pelo mundo

Reproduzimos e traduzimos sua trajetória de vida contada em primeira pessoa em seu site. Conheça agora:
sergio pereira_perfil

Foto reprodução do site do artista

Nascido no Rio de Janeiro, eu comecei a tocar violão com 8 anos de idade, influenciado pelo meu irmão mais velho que tocava e me ajudou com os primeiros acordes. Também fui influenciado pelos gigantes da Bossa Nova na época, como João Gilberto, Tom  Jobim, Carlos Lyra, João Donato, Marcus Valle e muitos mais. Crescer no Rio nos anos 60 e 70 contribuiu tremendamente com a energia, o ritmo e arranjos  refletidos na minha música hoje.
Mudar para Nova Iorque na década de 80 me motivou, não só a continuar tocando violão, mas para aumentar ainda mais meu conhecimento de música e do próprio violão, então comecei a estudar com um dos grandes do jazz, incluindo Chuck Wayne, Sal Salvador, Alex Adrian, Hui Cox e Joe Carter. Desde o início dos anos 90, viajo pelo mundo, tocando com bandas diferentes e em diversos locais em muitos países da Europa, África e outras partes.
Nos Estados Unidos alguns dos nomes com quem compartilhei música incluem Gil Goldsten, Cidinho Teixeira, Leco Reis, Luis Ebert, Claudia Villela, Adriano Santos, Helio Alves, Nilson Matta, Mauricio Zottarelli, Lonnie Plaxico, Duduka da Fonseca, Olivia Foschi, Alex Sipiagin, Greg Skaff e muitos outros. Também fui membro da banda de jazz das Nações Unidas por mais de 15 anos e atuei em vários locais em Nova York.
Enquanto vivia na Holanda de 2003 a 2011, toquei com alguns dos principais músicos locais, incluindo Ferial Karamat e Arno Kolenbrander, na qual eu fiz os arranjos e gravei algumas de suas músicas, além de participar de vários programas de rádio em Amsterdã. Juntamente com outros amigos / músicos, criei a banda jazz / brasileira / funk chamada “Malandros”.
Na Espanha, mostrei o meu novo trabalho “Swingando” com muito êxito nas atuações em locais como Sala Clamores (Madri) , Moe Jazz Club (Madri), Café Mercedez Jazz (Valência) e Jimy Glass Jazz (Valência).Em formato de sexteto, quinteto e às vezes trio, atualmente estou trabalhando com um dos maiores músicos da Europa como Viktorija Pilatovic, Veronica Ferreiro, Dayan Adab Garcia, Ariel Ramirez, Roque Martinez, Luis Guerra, Baptiste Bailly, Ivan Ruiz Machado, Alex Cesarini, Mariano Steimberg, Georvis Pico, Alexey Leon e Kiki Ferrer.
E a lista continuará crescendo!
Estudar com o guitarrista brasileiro Marcus Teixeira ampliou ainda mais minha compreensão de harmonia, improvisação e habilidades necessárias para ser melhor compositor, arranjador e guitarrista.
A música e o jazz brasileiros têm sido minha paixão ao longo da minha vida, e agora sou capaz de expressá-los no meu primeiro álbum chamado ‘Swingando’. Gravado em Nova Iorque e São Paulo, o disco inclui alguns dos melhores músicos do mundo (por exemplo, Helio Alves, Marcus Teixeira, Nilson Matta, Mauricio Zottarelli, Duduka da Fonseca, Claudia Villela e Itaiguara Brandão). Swingando traz todas as emoções, energia e dinâmica de crescer no Rio e estar em contato com minha cultura ao longo da minha vida.
Espero que você goste da minha música – Sergio Pereira

Sergio Pereira atua na cidade de Valência e pode ir até você em toda a Espanha

Podemos acompanhar a agenda atualizada do músico aqui. Com certeza será uma oportunidade de unir a saudade do Brasil com aquela emoção de escutar nossa música brasileira, principalmente a bossa nova, que se transformou no movimento de maior influência da história da música popular brasileira.

Divulgamos uma das suas apresentações no Jimmy Glass Jazz, no bairro El Carmen, palco dos melhores músicos e local cativo dos amantes da boa música em solos valencianos.

E para deixar seu dia melhor, escute seu disco Swingando e inscreva-se no seu canal do Youtube.

Com “My girls” pego carona nesta tarde de domingo, curtindo os melhores sentimentos que somente nossa música brasileira pode despertar, esperando ansiosamente poder prestigiá-lo aqui em Valência.

Aquele abraço! 🇧🇷